Blog

Mordomia
16:1112/01/21
Adicionado por Mordomia

Animais diabéticos e açúcar no sangue

Descrição da imagem Nos animais diabéticos, na maioria das vezes, há um problema com a produção ou o funcionamento da insulina, e é por isso que geralmente recomendamos a sua administração como tratamento.

A insulina é a hormona que ajuda o açúcar do sangue (glicose) a entrar nas células, onde pode ser usado para produzir a energia necessária para o funcionamento de todo o corpo.

Nos animais diabéticos não controlados, a concentração de açúcar no sangue está persistentemente elevada, resultando em sinais clínicos como aumento da sede e da micção, aumento do apetite, mas perda de peso, problemas de pele e pelo fraco.

Assim que o tratamento com insulina for iniciado, a concentração de açúcar no sangue voltará aos valores normais, mas pode ser desafiante encontrar a dose adequada para o seu animal de estimação, sendo as consultas de acompanhamento essenciais numa fase inicial!

Se, após a toma de insulina, julga que o seu patudo está com pouca energia, caminha de forma descoordenada, e aparenta perder a consciência, é possível que o seu nível de açúcar no sangue esteja demasiado baixo. Isso pode ser devido a uma dose excessiva de insulina e precisa de atenção veterinária imediata. Se for o caso, entre em contacto com a Mordomia para o 916 514 893 o mais rapidamente possível.

Mordomia
16:1012/01/21
Adicionado por Mordomia

O meu gato está perdido, e agora?

Descrição da imagem Infelizmente, esta é uma situação bastante comum, e pode acontecer tanto a gatos de interior que fogem pela janela, ou gatos com acesso ao exterior e que já não aparecem em casa há algum tempo… As circunstâncias são imensas. Se o seu gato se perder, há várias coisas que pode fazer:

  • Se o seu gato tem acesso ao exterior, procure-o nas zonas onde ele costuma andar. Leve comida consigo para o incentivar a sair, se se encontrar num sítio de difícil acesso (debaixo de um carro, por exemplo).

  • Distribua cartazes pela sua zona de residência, com uma boa foto do seu gato, e peça aos seus vizinhos para estarem atentos.

  • Partilhe também essa informação nas redes sociais, certificando-se de que quem vir a sua publicação tem como contactá-lo.

  • Se o seu gato tem microchip, entre em contacto connosco para que possamos verificar se o seu contacto está associado corretamente.

  • Contacte a Mordomia para o 916 514 893, assim como a outros veterinários da zona para informá-los, para o caso de alguém encontrar e entregar o seu gato numa clínica da zona.

Nestas situações, é importante manter a calma e ser persistente. Dependendo da personalidade do seu gato, pode acontecer que esteja escondido por perto, com medo de aparecer ou à espera da oportunidade ideal.

Mordomia
16:0912/01/21
Adicionado por Mordomia

O seu animal tem agido de forma diferente?

Descrição da imagem O COVID-19 está a ter um impacto significativo nas rotinas de todos nós e, consequentemente, na dos nossos animais. Assim, enquanto alguns animais de estimação poderão estar contentes por passar mais tempo com os seus donos, outros poderão estar a sentir-se um pouco confusos com todas estas mudanças.

Assim, abaixo deixamos algumas alterações comportamentais que podem indicar que o seu amigo de quatro patas está sob stress:

  • Aumento da vocalização
  • Agressividade com as pessoas ou outros animais de estimação
  • Comportamentos repetitivos
  • Evitam interações com pessoas ou com outros animais de estimação, escondendo-se
  • Buscam atenção constantemente Funções fisiológicas alteradas — comer, dormir e fazer necessidades

Se reconhece algum destes sintomas nos seus animais, tente criar alguma consistência nas suas novas rotinas, para que os eles saibam o que esperar. Caso tenha oportunidade, tente também fazer estas alterações de forma o mais gradual possível.

É importante saber que alguns problemas de saúde também podem causar alterações comportamentais. Na Mordomia, contamos com colaboradores qualificados para o aconselhar relativamente ao comportamento dos seus animais de estimação. Por isso, caso tenha alguma dúvida, não hesite em contactar-nos para o 916 514 893.

Mordomia
16:0712/01/21
Adicionado por Mordomia

Animais de estimação e máscaras

Descrição da imagem Por esta altura, é provável que os seus animais de estimação já estejam familiarizados com o fato de usar máscara sempre que sai de casa.

No entanto, ao cobrirem as nossas expressões faciais, que são uma parte importante da comunicação entre animais de estimação e humanos, as máscaras podem confundir o seu amigo de quatro patas relativamente à forma como interage com ele.

Assim, sempre que estiver a usar máscara, aproxime-se do seu animal ou do animal de outras pessoas com cuidado e certifique-se de que eles o reconhecem antes de interagir com eles. Outro aspeto que não previmos foi a possibilidade de as máscaras faciais se tornarem num snack delicioso, especialmente para cachorros.

Recentemente, surgiram vários casos de cães que engoliram as máscaras faciais dos seus proprietários, resultando em bloqueios intestinais que tiveram de ser tratados com uma cirurgia de emergência.

Para evitar estas e outras complicações, certifique-se de que mantém as suas máscaras longe do alcance dos seus animais de estimação e descarte-as adequadamente. Casa tenha alguma dúvida, não hesite em contactar a Mordomia para o 916 514 893.

Mordomia
16:0712/01/21
Adicionado por Mordomia

Como saber se o seu gato sofre de artrite

Descrição da imagem O termo “artrite” é familiar a muitas pessoas, mas, sabia que os gatos também podem sofrer deste problema?

A osteoartrite trata-se de uma inflamação crónica que leva à deterioração progressiva dos diferentes componentes das articulações, motivo pelo qual é considerada uma doença articular degenerativa.

Dado que esta é uma condição que afeta principalmente os gatos mais velhos, tende a passar despercebida, uma vez que os sintomas costumam ser atribuídos pelos donos à idade avançada do gato. Por este motivo, proprietários dedicados e atentos são essenciais para ajudar a detetar e reconhecer esta doença de forma precoce!

Mas como identificá-la? A osteoartrite causa dor e desconforto aos nossos amigos felinos. Os gatos tornam-se menos ativos, demonstram dificuldade em sair das suas camas e podem mesmo mudar o lugar onde normalmente dormem, devido à dificuldade que sentem em chegar até lá. Alterações nos hábitos alimentares e de higiene são também sinais de alerta, assim como alterações no temperamento do gato, como agressividade, e menor predisposição para estar com pessoas e/ou outros animais.

Apesar de a osteoartrite não ter cura, existem muitas opções de tratamento que retardam a progressão da doença e deixam o seu animal mais confortável. Assim, se nota algum destes sintomas no seu felino, não hesite em contactar-nos para o 916 514 893. Nós podemos ajudar!

Pooch & Mutt - Health Food for Dogs

Alimentação e snacks NATURAIS & FUNCIONAIS (específicos para cada condição física e de saúde), sem cereais e conservantes químicos, elaborados a partir da combinação ativa de ingredientes naturais e biológicos. Toda a alimentação Pooch & Mutt é "naturalmente direcionada" - é cheia de ingredientes activos e naturais, adaptada às condições específicas da vida do seu cão e tem por objectivo melhorar a qualidade de vida e longevidade dele. A gama é composta por alimentação grain free e snacks: Move Easy: ajuda nos problemas de mobilidade e cães muito activos; Slim & Slender: ajuda na perda e manutenção do peso ideal; Fresh Breath: ajuda a melhorar a higiene oral; Health & Digestion: ajuda na sensibilidade ou dificuldade digestiva; Calm & Relaxed: ajuda a controlar a ansiedade ou nervosismo.

Abrir site

Xixi e cocó no sítio certo - Mordomia

As pessoas tendem a interpretar as reações dos cães com base nos comportamentos dos humanos e isso origina uma abordagem completamente equivocada para o problema, causando frustração e desgaste no relacionamento entre o dono e o animal.

Abrir site